Alimentos a evitar


Tal como acontece com os nossos filhos, os cães também não têm a noção do que devem ou não comer. Claro que tudo o que o dono come ,ele quer, isso é directo, contudo nem tudo deve comer :)

Mas quem resiste aquele olhar fofinho, quase a chorar, meiguinho, que dá dó só de olharmos? :) ))

Pois é....Penso que é nessas alturas criticas que temos que ser capazes de dizer mentalmente não e pensar, que mais vale que ele fique naquele momento triste, do que coma alguma coisa que, apesar de lhe saber bem, lhe fará muito mal. São exemplos disso, uvas, sementes de maçã (apesar deles adorarem maçã), ossos (pois é! a quantidade de cachorros que têm de ser hospitalizados, pois os restos de osso ficam presos, na garganta, estômago, intestino....), chocolate, sendo o chocolate negro o mais perigoso, podendo provocar sérios estragos ao nível cardíaco, leite e queijo (os cães não têm a enzima que permite digerir estes alimentos), cafeína, coca-cola e outros alimentos com cafeína, pois poderá estimular excessivamente o centro nervoso podendo provocar grandes estragos aos nossos amiguinhos. A esta pequena lista podemos ainda acrescentar, frutos secos, tomates, cebolas, gelados ou sorvetes (se preferirem), limão e milho.

Pessoalmente falando, o Gui adora leitinho morno, com mel e ração. Assim que me vê começar a preparar fica doido de tão feliz. Faço isto de quando em quando, como um prémio, ou quando acho que ele tem um pouco de dor de garganta, mas é acima de tudo um carinho.

Enfim, aqui ficam algumas dicas. Mas acho que o melhor mesmo, é optarmos pela ração certa para eles, utilizarmos umas guloseimas para os premiarmos quando fazem alguma coisa fantástica ou têm um comportamento que realmente queiramos recompensar.

 

até já! Bjinhos


Deixe um comentário


Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos