Há dentadas e......dentadas!


Desde que decidimos adoptar o Gui como novo membro da familia, que tivemos de alterar hábitos e rotinas , tendo um deles sido as revistas e sites de leitura.

Um pouco por curiosidade, um pouco por necessidade, muitas vezes vou-me deparando com novas ideias de exercícios, de atitudes e de técnicas que sempre que possível, tentamos colocar em pratica.

Uma das crónicas que li e que muito me marcou foi sobre como evitar que o nosso cachorro destruísse a mobília:)

Confesso que no nosso caso o Gui é bem tranquilo, e acredito que o pior já passou, pois já é mocinho :) quase 13 mesinhos..... mas todas as precauções são poucas e continuamos a apostar na prevenção.

Abaixo vou indicar alguns aspectos que nos devemos policiar e que irão efetivamente ajudar a deixar o nosso pet bem mais feliz:

1) Dar-lhe distrações divertidas - sempre que possível, deixar espalhados pela casa, ou pela área dele brinquedos de que o pet goste, e recompensa-lo com elogios, carinhos e petiscos, sempre que ele esteja a brincar com eles, por forma a incentivar o bom hábito;

2) Para tornar a mobilia menos gostosa - podemos sempre respingar um pouco do repelente próprio para adestramento, e em casos extremos proteger a área;

3) Evitar deixar ao alcance do cachorro objetos  e items que não queremos destruídos, como controlos remotos, livros, plantas;

4) A técnica das broncas - Sempre que virmos o pet fazer uma asneira podemos arremessar objectos barulhentos (papel jornal), bater as palmas, por forma a causar susto. Ele assim vai fazer essa associação de ideias, prevenindo erros futuros. Contudo a punição só deverá ocorrer na hora em que o erro é cometido, se for depois perde o efeito pretendido, podendo mesmo ter o efeito contrário;

5) Deixar snacks ocultos - é das minhas preferidas, pois serve mais do que um propósito. Primeiro ele fica entretido, ficando menos ansioso, sentindo menos a nossa falta, por outro lado, é um ótimo exercício para desenvolver o olfato. O desenvolvimento do olfato é essencial para que ele consiga lidar com os seus medos, principalmente medo do desconhecido;

6) Brinquedos interativos, são sempre otimos aliados para quebrar a monotonia, e para ajudar no desenvolvimento cognitivo do nosso pet, permitindo-lhe sentir-se mais confiante e feliz. Pois ao conseguir retirar o petisco/alimento ele obtém um permanente reforço positivo de que é bom, e de que consegue superar as provas. O que lhe dá confiança para tentar novas atividades que requerem o uso de mais inteligência e tempo, servindo de maior entretenimento! E quem não quer ser TOP no que faz? :)

Até breve!

Bjinho


Deixe um comentário


Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos